Yoga e o combate às dores crônicas

yoga e o combate às dores crônicas

Mesmo que hoje, em sua vertente ocidental, a yoga esteja mais frequentemente ligada à prática de atividades físicas que visam o bem estar, os benefícios que ela pode proporcionar fazem dela um excelente hábito. Além de auxiliar no fortalecimento muscular e na correção postural, tópicos muito importantes quando falamos de dores articulares ou musculares, a yoga pode atuar no alívio de dores de cabeça e mandibulares, originadas na articulação temporo-mandibular, a famosa ATM. E além disso, a yoga parece ter um papel muito importante no combate às chamadas dores crônicas.

Dores crônicas são aquelas recorrentes, sentidas por mais de três meses, que podem acontecer em decorrência de lesões já curadas, e também acompanhar doenças, como artrite reumatóide. Conviver com elas pode fazer com que o sistema nervoso se torne mais sensível ao aparecimento de novos estímulos que causem dor, gerando uma resposta mais intensificada. Em outros termos, dores crônicas podem acentuar a sensação de dor.

Uma análise realizada pela American Pain Society investigou resultados da aplicação da yoga em diversos estudos de dores crônicas, cobrindo pacientes com enxaqueca, dores na coluna e dores associadas à artrite reumatóide. De maneira geral, todos os estudos apontaram benefícios da prática em casos crônicos de dor.

A chamada yoga restauradora ou restaurativa, visa ensinar técnicas auto aplicáveis de respiração e relaxamento, além de atuar no fortalecimento da musculatura, auxiliando ainda mais na recuperação de pacientes. Nela, todas as técnicas da chamada Hatha Yoga são adaptadas, os atendimentos acontecem de maneira individualizada, considerando as particularidades de cada praticante, proporcionando maior qualidade de vida para pessoas que convivem com dores crônicas.

Quer saber mais dicas de bem-estar? Confira nosso site!
Siga a Clínica Creta também nas redes sociais!