Sinais do câncer de pele para ficar atento

Previna-se! Conheça os sinais do câncer de pele e fique atento.

No Brasil registra-se, todo ano, 185 mil novos casos de câncer de pele. Apesar de ser um assunto muito falado na mídia, a população ainda desconhece informações básicas sobre essa doença. Desse modo, neste artigo, iremos abordar sinais da doença e como se proteger desse mal.

Primeiramente, o maior vetor de doenças é a desinformação. Com efeito, muitas pessoas acreditam que só correm risco de desenvolver câncer de pele quando se expõem diretamente ao sol. Outros, por sua vez, só usam protetor solar em eventos especiais, como em passeios ou viagens à praia.

Aprenda a identificar possíveis sinais do câncer de pele e previna-se

Essa mentalidade precisa ser urgentemente combatida. Em vista disso, a Sociedade Brasileira de Dermatologia criou o “Dezembro Laranja”, uma campanha que visa alertar a população sobre os riscos da doença. A escolha do mês foi proposital: dezembro é o mês das férias e início do verão.

Dessa forma, para conhecer sinais desta doença e maneiras de se proteger, continue lendo esse artigo. Ele foi escrito para pessoas que, assim como você, amam cuidar da própria saúde.

O que é o câncer de pele?

É uma doença caracterizada pelo crescimento anormal e descontrolado das células da pele. Com efeito, neste tecido, as células são organizadas em camadas. Desse modo, os cânceres são diferenciados entre si de acordo com a camada afetada. Conheça os principais tipos de câncer de pele a seguir:

Carcinoma Basocelular (CBC)

É o tipo mais comum. Caracteriza-se por afetar a região inferior da camada mais externa da pele. É mais comum em partes do corpo frequentemente expostas ao sol, como rosto, orelhas, pescoço e entre outros. Apresenta baixa letalidade quando detectado precocemente.

Carcinoma Espinocelular (CEC)

É o segundo tipo mais comum. Caracteriza-se por afetar a região superior da pele e pode se desenvolver em todo o corpo, porém é comum em áreas mais expostas ao sol. É mais frequente em homens.

Melanoma

Câncer de pele raro. Caracteriza-se por afetar as células que produzem a melanina, responsáveis pela cor da pele. Pode se desenvolver em todo o corpo, porém é mais comum nas pernas (mulheres) e no tronco (homens). É o mais letal, porém há 90% de chance de cura se diagnosticado precocemente.

Sinais do câncer de pele

Antes de tudo, é importante dizer que apenas um médico especializado pode dar um diagnóstico de câncer de pele. Os sinais a seguir são recomendações para que você se mantenha atento. Se perceber algum deles, procure ajuda técnica.

Alguns sinais da nossa pele merecem atenção

Segundo a Sociedade Brasileira de Dermatologia os sinais do câncer de pele são:

  • Lesões elevadas e brilhantes, transparentes, avermelhadas, castanhas, róseas ou multicoloridas, com crosta central e fácil sangramento;

  • Uma pinta preta ou castanha que muda sua cor, textura, torna-se irregular nas bordas e cresce de tamanho;

  • Uma mancha ou ferida que não cicatriza, cresce, coça, apresenta crostas, desgaste da pele ou sangramento.

Mitos sobre o câncer de pele

Além de conhecer os sinais do câncer de pele é importante combater alguns mitos a respeito da doença. Dessa forma, é necessário entender que a exposição direta ao sol é apenas um dos meios de desenvolver esse mal.

Alguém que se expõe indiretamente em ambientes abertos também corre o risco de desenvolver a doença. Portanto, o uso de protetor solar é muito importante para todos. Independentemente da idade, função que desenvolve ou cor de pele, isso deve ser tomado como regra.

Para combater o câncer de pele é necessário usar protetor solar todos os dias, independentemente de onde esteja

Além disso, entre muitos brasileiros, há o costume de usar protetor apenas na praia ou durante as viagens. Saibam, porém, que o sol que pode queimar sua pele durante um passeio na praia é o mesmo que brilha o ano todo na sua cidade.

Dessa forma, você deve usar protetor solar independentemente do lugar que esteja. Considere ainda, a possibilidade de usar óculos com proteção solar para proteger seus olhos e outras barreiras complementares como chapéu que protege o rosto.

Você apoia a causa do Dezembro Laranja? Então compartilhe esse artigo nas suas redes sociais para que mais pessoas tenham acesso a esse material!